Antigo Novo  Fotos Oficiais 

Educação

Centro de Educação Integrada realiza quarta edição do ‘Brechó do Bem’

 Brecho do bem original

        Com o objetivo de estimular os aprendizes a adquirirem mais conhecimento sobre empreendedorismo e vendas, como parte do curso Relações no Trabalho, o CEI (Centro de Educação Integrada) realiza nos dias 9 e 10 de novembro, a quarta edição do ‘Brechó do Bem’.
      O evento acontecerá das 8 às 16 horas, na sede do CEI, que fica na rua Francisco Barbosa, 1540, Cidade Nova. Faz parte do programa de inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho e preparação dos aprendizes.
      Sandra Pedigoni, coordenadora do CEI, explicou como funciona a iniciativa. “No módulo do curso, tem uma parte que a gente trabalha sobre o empreendedorismo e aí como produto final, como atividade para finalizar essa parte do módulo sobre empreendedorismo, realizamos um brechó, que nomeamos como 'Brechó do Bem'. Então eles fazem captação de produtos,  precificação e organização”, disse.
      Além de roupas de festa e moda praia, há bijuterias, diversas peças masculinas, femininas, infantis e calçados. A estimativa é que o brechó tenha mais de 800 itens, que foram arrecadados e que estão à disposição da população. Toda a renda será revertida para o CEI, que é mantido pela Prefeitura.
CEI
      O Centro de Educação Integrada é referência no ensino e inclusão, oferecendo, gratuitamente, capacitação aos aprendizes para o mercado de trabalho, com destaque para 48 deles, atuando em estabelecimentos e instituições da cidade. Atende, atualmente, cerca de 250 aprendizes, com atividades teóricas e práticas nos períodos manhã e tarde, de segunda a sexta-feira.

Educação participa de 3º Concurso Multicultural “Proteger Crianças e Adolescentes da Violência: A Cultura da Paz”

 thumbnail Dorotea Paulino Ferro 5 ano B original

       Para promover a paz e segurança nas escolas municipais, alunos da Secretaria de Educação participaram do 3º Concurso Multicultural com o tema “Proteger Crianças e Adolescentes da Violência: A Cultura da Paz”.

     O concurso aconteceu para fortalecer com os alunos e a comunidade, a Cultura de Paz, diante dos acontecimentos de casos de violência ocorridos em escolas do Brasil. Vinte e quatro escolas municipais do Ensino Infantil, Fundamental e EJA participaram e, dessas, 333 alunos foram inscritos. O concurso envolveu 144 gestores escolares e 333 professores.

     De acordo com Márcia Gatti, secretária de Educação, o tema Cultura da Paz foi eleito pelo Grupo de Trabalho do Fórum, após análise da realidade que é apresentada na sociedade atualmente. “Os estudantes participaram nas categorias desenho, poesia, desenho em quadrinho, trabalho coletivo e trabalho digital”, explicou.

      Após análise dos trabalhos, 43 estudantes são finalistas de uma premiação que acontece nesta segunda-feira, 6, no Auditório da Secretaria de Educação.

      Confira a lista de finalistas do concurso por categoria:

Categoria: DESENHOS

Ana Clara Almeida da Silva - EMEB Prof. Maria Brizabela Bruxellas Zinader

Eloiza Hellena Araújo Guilherme - EMEB Pof.ª Christianne Dezuani Dias de Oliveira

Isabela Ferreira Bino - EMEB Dr. Valeriano Gomes do Nascimento – CAIC

João Miguel Vitório Luz - EMEB Prof. Maria Brizabela Bruxellas Zinader

Karolyne Cristina Ferreira Rodrigues - EMEB Prof. Aldo Prata

Lara Vitoria Marques - EMEB Professora Maria Antônia Stevanato Reis

Marco Aurélio Florêncio - EMEB Professor Aldo Prata

Maria Vitória Rodrigues Carvalho - EMEB José Mario Faleiros

Michaely Rezende Pulheis - EMEB Profª Ana Rosa de Lima Barbosa

Miguel dos Santos Silva - EMEB Prof Ana Rosa de Lima Barbosa

Categoria: TRABALHO DIGITAL

Geovana Diniz Moreira - EMEB Anor Ravagnani

Heloísa Alvares Martins, Cecília Rubim Couto Almeida e Manuela Taveira Bonfim - EMEB Prof. Dr. Rubens Zumstein

Julia Claudino Simões, Julia Mariane Colombari - EMEB Professor Florestan Fernandes

Matheus Brondi Paranhos, Isaac De Sousa Gonçalves, Rafael Rodrigues Barbosa Rufino - EMEB Milton Alves Gama

Poliana Pimenta Nabilice Pereira, Helena Salgado Dias, Karina Correia Costa - EMEB Anor Ravagnani

Rafael lucca Martins Ferreria, Alicia V. Santana Delbianco, Felipe Oliveira S Celhido - EMEB Marilourdes Fagundes Iara

Samuel Alvino Ferreira, Eduardo Alves De Melo Silva, Rafael Felipe Silva Lins - EMEB Professor Florestan Fernandes

Categoria: POESIA

Lorraine Cristina Ferreira Torres - EMEB Profa Ana Rosa De Lima Barbosa

Muriely Aparecida Ferreira Da Silva - EMEB Profa Ana Rosa De Lima Barbosa –

Categoria: HISTÓRIA EM QUADRINHOS

Alice Menegueti Vitoriano Kasinski - Emeb Mitermair Alves Barbosa

Beatriz Jose Monteiro - EM Profº José Mario Faleiros

Camila Cristina Lourenço - EM Prof º Mario Faleiros

Cleusa Catarina Santos Vieira - EM Profº Mario Faleiros

Denise dos Santos Davanço - EM Profº José Mario Faleiros

Jessica Roberta Souza Lima - EM Profº José Mario Faleiros

Lais Vitória Quintino Garcia - Emeb Profª Maria Antônia Stevanato Reis

Maria da Conceição Silva Cantoaria - EM Profº José Mario Faleiros

Maria Cristina Oliveira Rosa - Escola Municipal Profº Antonio Sicchierolli

Samira Aparecida P. Malaquias - EM Profº José Mario Faleiros

 

Categoria: PROJETO ESCOLA

Lindsay Susan Camilo Seara - EMEB Anor Ravagnani

Com Busca Ativa, Educação obtém mais de 80% de frequência em todas as escolas

 Busca ativa original

        A Secretaria de Educação recebeu, nesta semana, um ofício do ministro da Educação, Camilo Santana, parabenizando a Prefeitura de Franca por ter mais de 80% de frequência escolar em suas unidades.

       Além dos esforços em salas de aula, cursos de aperfeiçoamento disponibilizados pela secretaria e os investimentos, outra frente de trabalho tem contribuído para índices positivos como este de frequência: o trabalho da Busca Ativa. Trata-se do empenho da Secretaria de Educação em ir atrás dos estudantes que tem deixado de ir às aulas.

      Márcia Gatti, secretária de Educação, explicou o processo. “É um papel conjunto das equipes escolares. Começa na sala de aula, com o professor notando a ausência do aluno e comunicando ao orientador, que busca contatar as famílias dos alunos com frequência irregular e/ou baixa frequência, através de ligações telefônicas e/ou comunicados impressos, ou por meio de aplicativos digitais, e convocações nas escolas. Caso não consiga localizar a família, a Secretaria de Educação é contatada e é disponibilizado um carro oficial para visitas domiciliares, que são monitoradas por documentação”, disse.

      As visitas são realizadas com a finalidade de compreender o contexto social em que aquela criança está inserida e orientar as famílias sobre o direito dela de estudar e dos prejuízos causados pela ausência. Após a visita domiciliar, é realizado acompanhamento do caso, com ações juntamente a outras Secretarias (Saúde e Ação Social) e Órgãos (Conselho Tutelar e Escuta Especializada), quando necessário.

     Márcia explicou que as ações de Busca Ativa acontecem desde 2021 para garantir a frequência e a permanência das crianças na escola. No ano em que o projeto começou, foram 231 Buscas Ativas; em 2022, 313; e até quinta-feira, 190 visitas.

Strogonoff cremoso é o prato vencedor do ‘Merenda Escolar, Sabor da Educação’

 Strogonoff cremoso original

         A final do Concurso ‘Sabor da Educação’, promovida pela Secretaria de Educação, em parceria com a Universidade de Franca, foi de emoção, degustação e descoberta sobre qual prato seria o vencedor. A cerimônia de premiação ocorreu na universidade na noite de terça-feira, 24, e as três equipes finalistas apresentaram suas receitas, que foram submetidas à votação.
      O vencedor foi o ‘Strogonoff Cremoso’, que obteve 22,61 pontos. No cardápio tinha carne moída, cenoura e molho de strognoff com arroz branco. Cada uma das merendeiras ganhou uma Smart TV, que será entregue nos próximos dias pela Secretaria de Educação.
      Os integrantes da equipe vice-campeã, com o prato ‘Mafuá’, ganharam um smartphone cada. Trata-se de uma receita composta por arroz, cenoura, couve, batata e pernil moído com feijão carioca e farofa. Já a equipe que ficou na 3ª colocação recebeu cestas de chocolate e fez o prato ‘Arroz Francano’, com arroz, feijão, couve, cenoura e pernil de porco com salada de batata e ovo cozido para acompanhar.
      Márcia Gatti, secretária de Educação, destacou a importância das merendeiras, o carinho e a dedicação com que preparam as refeições para os estudantes, diariamente. Ela ressaltou que o objetivo é valorizar cada vez mais o trabalho dessas profissionais, através de ações como o concurso, as convocações e os investimentos nas unidades escolares.
      Além dos prêmios, todos os participantes receberam certificados e a receita vencedora fará parte do cardápio da Alimentação Escolar de Franca.
      Confira a relação completa de merendeiras, estudantes de Nutrição da Unifran e a pontuação da final:
1° Lugar - Strogonoff Cremoso - 22,61 pontos
Merendeiras – Silvana Batista, Viviane Gonçalves e Giane Vitali
Estudante de nutrição - Hélida
2° Lugar - Mafuá - 21,49 pontos
Merendeiras – Tatiane Mara Campanaro, Rosemeire Diniz e Aline Silva Pedroso
Estudante de nutrição - Ryan
3° Lugar - Arroz francano e batata divertida - 21,37 pontos
Merendeiras – Berenice Silva, Aracéli de Oliveira e Sileia Keller
Estudante de nutrição – Carla
 

vencedoras sabor educacao original

 

Educação divulga classificação da reavaliação do 'Bolsa Universidade'

 Bolsa Uni original

        A Secretaria de Educação publicou nesta terça-feira, 24, no Diário Oficial do Município, o resultado do processo de reavaliação deste ano do Programa 'Bolsa Universidade', confirmando que 187 estudantes seguem sendo contemplados com o benefício. Esse grupo de universitários bolsistas, incluídos entre os anos de 2019 e 2022, participaram do processo de reavaliação que é realizado, anualmente, conforme estabelece a legislação.
      Na condição de bolsistas, os 187 estudantes, cuja relação por ordem alfabética pode ser consultada no link: https://www.franca.sp.gov.br/arquivos/diario-oficial/documentos/2392-24102023.pdf, têm como auxílio, o valor das mensalidades dos cursos que frequentam, distribuídos em três partes, sendo uma da Universidade, outra da Prefeitura e do próprio aluno.
      É de responsabilidade de cada estudante, zelar e cumprir com as exigências previstas na Lei, que institui o 'Bolsa Universidade', para permanecerem no programa. Somados aos estudantes incluídos em 2023, o Programa 'Bolsa Universidade' atende, atualmente, 298 estudantes.

Subcategorias

Prefeitura Municipal de Franca

Prefeitura de Franca: Trabalho e compromisso com você.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais