UBS do Jardim Aeroporto promove a medicina preventiva para usuários

 

reuniaomedicodefamilia02 Medium

     As equipes da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Aeroporto III e bairros adjascentes, onde também funciona um núcleo ESF (Estratégia de Saúde da Família), realiza trabalho permanente de atenção e atendimento preventivo com os moradores da região. Sônia Pucci, coordenadora dos serviços de atenção básica da unidade, disse que o objetivo maior é levar ao pé da letra o ditado “prevenir é melhor do que remediar”. Para isso, a UBS promove ações constantes de acompanhamento e de orientações aos pacientes.

     Encontro realizado na tarde de quarta-feira 26, no CCI (Centro de Convivência de Idosos) Avelina Maria de Jesus, do Jardim Aeroporto, reuniu dezenas de pessoas, em sua maioria da terceira idade, para assistirem a duas importantes palestras proferidas pelos médicos Victor Manuel Paneque Valenciano e Stella de Oliveira Pini, que atendem no núcleo ESF. Ambos estão integrados no esforço de oferecer, além da medicina tradicional e curativa, as orientações para a medicina preventiva. As palestras foram ilustradas por imagens projetadas em um telão, e tão logo terminaram, foi aberto espaço para que cada um dos presentes tirasse suas dúvidas.

     Para o médico e secretário de Saúde do município Rodolfo Moraes Silva, iniciativas assim são extremamente positivas e devem ser estimuladas, uma vez que estreita as relações entre os usuários e servidores da Atenção Básica de Saúde, esclarece serviços que são oferecidos e atua na medicina preventiva, fundamental para a saúde da população. “Devemos incentivar as pessoas para que aproveitem essas oportunidades de adquirir conhecimento sobre prevenção na saúde, participando sempre dos encontros organizados pelas equipes das UBSs, pois são ações que contribuem para melhor qualidade de vida”, disse o secretário.

     A UBS/ESF do Jardim Aeroporto III, atende também o Jardim Aeroporto IV, Jardim Santa Bárbara, Jardim Aviação e adjacências, oferecendo ações que extrapolam o atendimento protocolar e visam garantir melhores condições de saúde e de vida aos moradores daquele setor da cidade. 

Prefeitura de Franca destina R$ 3 milhões para Santa Casa de Misericórdia

 

Santa Casa1 Medium

 

     Projeto de lei enviado pelo prefeito Gílson de Souza ao Legislativo foi aprovado em regime de urgência na sessão ordinária dessa terça-feira pela Câmara Municipal, autorizando o repasse de R$ 3 milhões para a Fundação Civil Santa Casa de Misericórdia de Franca.

     De acordo com o que consta no PL, a subvenção será repassada em três parcelas de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), durante os meses de julho, agosto e setembro.

     A Santa Casa de Franca tem papel fundamental no atendimento e prestação de serviço de assistência médica, tanto local como regional, e de acordo com o Governo Municipal, a aprovação da Câmara permitirá que a Secretaria de Finanças da Prefeitura agilize para os próximos dias a transferência da 1ª parcela. 

Saúde intensifica vacinação de adolescentes contra gripe e DSTs

 

vacina2 Medium

     A Vigilância Epidemiológica de Franca segue trabalhando na vacinação contra gripe Influenza, disponível ainda na rede pública, gratuitamente. Desta vez, por orientação da Secretaria de Estado de Saúde, o público alvo são os pré-adolescentes e adolescentes, que também estão sendo prioridade na cobertura contra doenças sexualmente transmissíveis, as DSTs. A preocupação maior é com o público jovem por abrangerem meninos e meninas em início da vida sexual – desde junho de 2017, o Governo Federal liberou, através do SUS, a vacinação contra HPV para meninos de 11 a 15 anos incompletos –  anteriormente, a vacina só estava disponível para meninas abaixo de 15 anos e meninos de 12 a 13 anos.

     A vacina contra o HPV (papiloma vírus humano) é importantíssima, pois também protege as mulheres contra o câncer de colo de útero e vulva, cujas causas também incluem o vírus HPV.

    A mobilização concentra-se nesta semana (24 a 28 de julho) em toda a rede de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município, com atendimento das 8h às 17h. Estão também disponíveis as vacinas contra a doença Meningocócica C e Hepatite B.  

     O Governo Estadual destaca que cerca de 760 mil doses das vacinas, contra as 3 doenças, estão disponibilizadas para os municípios paulistas.  

     A vacinação contra o HPV está disponível para meninas na faixa etária de 9 a 14 anos e para meninos de 11 a 15 anos incompletos. Como já destacado, entre o público feminino, a imunização auxilia na prevenção contra o câncer de colo de útero e vulva. Para meninos, a proteção é contra o câncer de pênis e ânus. A vacina previne ainda contra o câncer de boca, orofaringe e verrugas genitais para ambos os sexos. O esquema vacinal compreende duas doses, com intervalo de seis meses entre a primeira e a segunda.

     Desde 2014, a cobertura vacinal entre meninas de 9 a 15 anos mantém-se em 61%; entre os garotos, na faixa etária de 12 e 13 anos, que passaram a ser vacinados em janeiro de 2017, a cobertura é de 44%.  As autoridades destacam a importância do apoio dos pais e responsáveis para que os jovens sejam vacinados e fiquem protegidos.

      Este ano, a vacina contra a doença Meningocócica C foi inclusa no calendário de vacinação pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), que definiu como público-alvo meninos e meninas de 12 e 13 anos.  Atualmente, a cobertura vacinal é de 32%.  A dose é única.  

      No inverno, a aglomeração em ambientes fechados tende a ser maior. Imunizar-se contra a Meningo C contribui para o controle epidemiológico da doença, transmitida por secreções como saliva, espirro e tosse, informa a Vigilância Epidemiológica.

     A vacina contra a Hepatite B contempla não somente adolescentes, mas todas as faixas etárias – desde menores de um ano até adultos acima dos 50 anos. O esquema vacinal é de três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda doses; a terceira deve ser aplicada após seis meses em relação à dose inicial.

     Desde 1998, a vacina contra Hepatite B está disponível para crianças e adolescentes, abrangendo menores de um ano até 14 anos, com cobertura vacinal de 97%.

     A partir de 2013, a faixa etária foi estendida de 15 até 49 anos, cuja cobertura está em 55%. De acordo com a Vigilância, este percentual precisa ser ampliado, assim como o percentual na população acima de 50 anos, cuja cobertura é de apenas 16%.

     Em Franca outras informações podem ser obtidas na Vigilância Epidemiológica, no tel. 3711-9435.

Programa “Viva Vida” leva palestra ambiental aos usuários da UBS da Estação

 

Praticas ambientais UBS 18 7 12 Medium

     O Governo Municipal tem promovido ações constantes para estreitar cada vez mais as relações com os usuários dos serviços públicos.  Entre elas, estão os encontros solidários com os grupos do programa Vida Viva, iniciativa que trata de conscientização e orientações de bem-estar da Secretária de Saúde realizada nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), com apoio de outras secretárias do município.

     Essa semana, na UBS Dr. Jarbas Spinelli na Vila Santos Dumont - Estação, os usuários foram contemplados com uma palestra sobre Saneamento Básico e Qualidade de Vida, proferida pela coordenadora de Educação Ambiental da secretaria de Serviços e Meio Ambiente Eliana Giuberti.  

     O encontro contou com a participação de 35 frequentadores do Grupo Hiperdia – Hipertensos e Diabéticos. Segundo as informações da enfermeira Leziane Vilela, o Grupo Hiperdia se reúne uma vez ao mês com o objetivo de trabalhar a prevenção e a promoção da saúde, tendo acompanhamento médico frequente na UBS. Os participantes gostaram bastante do tema tratado, como sugeriu que encontros parecidos sejam organizados abordando outras temáticas, pois servem para levar informações úteis e de interesse geral.

     Com foco na integração, informação e atendimento de excelência aos usuários, logo após os encontros são oferecidas consultas com a equipe de clínicos gerais da UBS, sempre de acordo com as necessidades dos participantes. 

Ações preventivas conscientizam usuários da UBS do Jardins Aeroporto III e IV

 

ESF Aero4 julho 17 Medium

      A UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Aeroporto III e IV, na região sul da cidade, onde também funciona um núcleo ESF (Estratégia de Saúde da Família), vem realizando encontros periódicos de promoção e valorização da saúde dos seus usuários.

     De acordo com a diretora da Unidade Sônia Pucci, a iniciativa visa dar à população usuária da UBS e ESF, orientações sobre como prevenir e evitar doenças, principalmente respiratórias, muito comuns nesta época de estiagem das chuvas e, consequentemente, tempo seco.  “Toda oportunidade que temos de contribuir com os usuários tem que ser aproveitada, então, enquanto aguardam na recepção para ser atendidos, promovemos as ações de conscientização e prevenção”, disse a dirigente.  

     Nas últimas semanas foram organizadas atividades em Educação em Saúde, com a participação dos servidores da UBS e do médico do núcleo ESF Victor Manuel Paneque Valenciano, que faz parte da equipe do programa Mais Médico. Entre as ações estão informações e orientações preventivas sobre as doenças respiratórias, alimentação adequada, ingestão regular de medicação prescrita (principalmente, pessoas idosas), e criação de hábitos saudáveis.

     A UBS do Aeroporto III e IV, atende também o Jardim Santa Bárbara e adjacências, e está localizada na rua Denizar Trevisani, s/n, funcionando diariamente das 7h às 19h.

     Mais informações pelo telefone (16) 3701-7177.

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais