Unicad já funciona em nova sede

 IMG 6155
     A Unicad (Unidade de Cadastro Único) da Secretaria de Ação Social já está funcionando em novo endereço, na Rua General Osório, 1.645, Centro, ao lado do Cartório de Notas, próximo a ETEC Dr. Júlio Cardoso.
   O departamento é responsável pelo cadastramento de pessoas, visando a identificação das famílias de baixa renda na cidade. Essas informações geradas são utilizadas pelos governos federal, estadual e municipal para a implementação das políticas públicas, visando melhorar a qualidade de vida das famílias.
     Anteriormente, a unidade funcionava em um imóvel na Avenida Champagnat, próximo a sede da Secretaria de Ação Social. A mudança foi necessária, tendo em vista a ampliação da estrutura física para comportar a equipe, a dinâmica de trabalho, além de oferecer melhor comodidade para os usuários. 
   Os atendimentos para o cadastro inicial ou atualização de cadastro são prestados mediante o agendamento pelo canal Cadzap (16) 99978-7320, onde o interessado deverá encaminhar uma mensagem pelo Whatsapp, pelo telefone (16) 3711-9340 ou para as pessoas que não possuem acesso à internet, o agendamento também poderá ser feito com o comparecimento no endereço citado.
    Poderão efetuar o cadastro, as famílias com renda mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 606), com renda total de até três salários mínimos por mês, famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão, em programas sociais nas três esferas do governo, além de pessoas que moram sozinhas, que constituem as chamadas famílias unipessoais.
     De acordo com a Secretaria de Ação Social, atualmente, 67.773 pessoas estão cadastradas na Unicad, inseridas em 26.665 famílias.
     Ainda segundo a secretaria, é essencial que as pessoas mantenham os seus cadastros atualizados, anualmente. Caso não ocorra, há cada 2 anos, a pessoa poderá ter o benefício bloqueado. 
     A Unicad funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 16h. 
 
Serviço:
 
Unicad (Unidade de Cadastro Único)
Rua General Osório, 1.645
Segunda a sexta-feira, das 8 às 16h
Canais de Agendamento
Telefone: (16) 3711-9340 

Ação Social alerta que 480 cartões do Bolsa do Povo precisam ser retirados até quarta-feira

 Bolsa do Povo original
     A Secretaria de Ação Social alerta que 480 francanos ainda não retiraram os cartões do Programa Estadual 'Bolsa do Povo' – Vale Gás e SP Acolhe, que estão sendo entregues desde o final do mês passado, nos 5 CRAS (Centro de Referência em Assistência Social). A cidade recebeu ao todo, 660 cartões, sendo que, até o momento, apenas 180 foram retirados.
     Antes de comparecer aos locais é importante que a pessoa acesse o site da Prefeitura, no link https://www.franca.sp.gov.br/noticias/acao-social/bolsadopovo e confirme se o seu nome consta da lista de beneficiários, por região da cidade, conferindo os cinco últimos números do CPF e o local para a retirada. A listagem com os nomes também poderá ser consultada nos CRAS.
     A secretaria alerta que os cartões ficarão disponíveis nos CRAS até a próxima quarta-feira, 15, no horário das 9 às 15h. Após essa data, os que não foram retirados, serão devolvidos ao Governo Estadual.
    Para retirar o cartão, o beneficiário deverá, obrigatoriamente, apresentar um documento pessoal original com foto. Caso a pessoa não possa comparecer, poderá pedir para outra, maior de 18 anos, retirar o cartão, desde que  apresente documento original do beneficiário e da pessoa que está autorizada a retirar o cartão.  
     A Secretaria de Ação Social está disponibilizando as unidades e as equipes, no sentido de facilitar o acesso das pessoas, não tendo nenhum controle do processo de seleção dos beneficiários. 
 
Confira o endereço dos CRAS:
 
 
CRAS CENTRO
RUA DR. ALCINDO RIBEIRO CONRADO, 1813 - CENTRO
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
 
CRAS NORTE
RUA ILTON BARBOSA DA SILVA, 745 - LEPORACE I
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
 
CRAS LESTE
RUA PORTO VELHO, 1871-  BRASILÂNDIA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
 
CRAS SUL
RUA ZEFERINO JOSÉ DOS PRAZERES, 750 - JARDIM AEROPORTO I
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
 
CRAS OESTE
RUA ORESTES TRISTÃO,1181- DERMÍNIO
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
 
O programa
     O Governo do Estado de São Paulo criou com a Lei nº 17.372, de 26 de maio de 2021, que instituiu o Programa 'Bolsa do Povo', como forma de enfrentamento a pobreza e a vulnerabilidade social. O Vale Gás é um programa de transferência de renda para a compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg), no valor de R$ 300,00, divididos em três pagamentos de R$ 100,00, a cada 2 meses. Já o SP Acolhe é destinado para famílias que perderam, pelo menos, um membro do núcleo familiar por Covid-19, desde o começo da pandemia, com o pagamento de até R$ 1.800,00, pago em 6 parcelas mensais de R$ 300,00. Para o programa, não é necessário fazer inscrição. As famílias podem conferir se têm direito aos auxílios, efetuando a consulta com o NIS (Número de Identificação Social) pelo site www.bolsadopovo.sp.gov.br .
 

Ação Social convoca contemplados para a retirada dos cartões do Bolsa do Povo

 Bolsa do Povo original
     A Secretaria de Ação Social do município está convocando parte das 560 pessoas contempladas pelo Programa 'Bolsa do Povo', que compreende benefícios do Vale Gás e SP Acolhe, a buscarem nas 5 unidades do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), o respectivo cartão. 
     Mesmo com uma divulgação intensa junto aos usuários em cada um dos CRAS, durante toda a semana, apenas 77 pessoas se apresentaram para retirar o cartão do Bolsa do Povo.
     A orientação transmitida as mais de 450 pessoas, que ainda precisam retirar o benefício é para que o façam o quanto antes, se apresentado no CRAS, em que os nomes dos beneficiários constarem, munidos dos documentos pessoais. Caso não possam comparecer, podem solicitar para um familiar ou conhecido fazer a retirada, desde que esteja com o documento da pessoa contemplada e o próprio. 
     A listagem com o nome dos contemplados poderá ser consultada pelo link:  https://www.franca.sp.gov.br/noticias/acao-social/bolsadopovo .
     O Bolsa do Povo é um programa do Governo Estadual, onde a Prefeitura, por meio da Secretaria de Ação Social, está disponibilizando as unidades e as equipes, no sentido de facilitar o acesso das pessoas, não tendo nenhum controle do processo de seleção. 
     Os atendimentos seguem durante o expediente regular dos 5 CRAS (Centro, ao lado do AME; Norte, no Parque Vicente Leporace; Oeste no Jardim Dermínio; Leste no Jardim Brasilândia e Sul no Jardim Aeroporto I). 
 

Prevenção a violência sexual contra crianças e adolescentes no Municipal

 DSC 6606
     A Secretaria de Ação Social proporcionou nesta semana, duas encenações teatrais focadas na temática ‘Prevenção a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes’, de conteúdos e títulos diferentes. A primeira apresentação ‘Segredos de Leo’ foi direcionada para as crianças e a segunda, ‘Pelo Nosso Amor’, voltada para adolescentes a partir de 14 anos, adultos e pessoas idosas. Essas apresentações foram organizadas para o público formado por participantes dos serviços socioassistenciais de todas as regiões da cidade. 
     A peça ‘Segredo de Léo’ é uma montagem da Cia de Teatro e foi encenada na terça-feira, com o Teatro Municipal ‘José Cyrino Goulart’ cheio, onde a Prefeitura ofereceu, gratuitamente, o transporte para cerca de 300 pessoas, que compareceram em cada uma das sessões e 7 ônibus foram utilizados.
     Com esse tipo de  iniciativa, a Secretaria de Ação Social que realiza, por meio das unidades de atendimento social, contatos diários com realidades das mais diversas, acolhendo e procurando auxiliar de alguma forma, essa população mais vulnerável, buscou oferecer a esse público algo diferente. O propósito foi levar esse público a refletir, com mais atenção, sobre a violência doméstica. 
 
Resumo do primeiro espetáculo
     A montagem ‘Segredo de Léo’ retrata uma situação em que os pais de Leo estão cada vez mais intrigados pelo estranho comportamento do filho, que se nega a sair do quarto e participar das atividades, que faziam parte de seu cotidiano, como jogar futebol, frequentar a escola, brincar com os amigos e, principalmente, conversar. Ele agora está diferente do menino levado e    brincalhão, que sempre foi. Algo estranho aconteceu. 
     Todas as alternativas para ajudar o garoto tinham passado pelas ideias de seus pais, entre elas castigo, surra, consultas psicológicas, mas até então nada adiantava, por vezes até pioravam o problema. Eis que surge uma esperança, um investigador, o “Jack Roberto”. Esse inteligente e atrapalhado detetive que foi contratado para desvendar um grande mistério “O Segredo de Léo”. E só depois de muitas conversas e tropeços, Jack faz uma descoberta que mudará a vida do menino.
     A segunda apresentação, iniciada às 14h30, foi oferecida para o público de adolescentes e adultos em geral, abordando a temática ‘Pelo Nosso Amor', onde os artistas retratam a relação de João e a mulher Irene. Ambos se amam muito e sustentam um relacionamento desde o colegial, onde tudo se inicia. Jovens e imaturos concebem uma filha, fonte de um resultado do inesgotável amor do casal, que logo é concretizado pelo casamento. Depois de alguns anos, Irene percebe que seu marido vem a agredindo desde sempre, com frequência por motivos banais. Todos os conflitos são presenciados por Bia (plateia), criança que evidencia negligência, violência doméstica e uma série de abusos durante sua infância. Um dia, Irene se depara com o extremo. Ela flagra João abusando de sua tão amada filha. E agora Irene? Dar um ponto final nisso tudo? Ou perdoar mais uma vez? 
     A peça “Pelo Nosso Amor” é inspirado na linha do teatro do oprimido (Augusto Boal), assim escrito integralmente com a ideia de tornar o público personagem ativo da história, essa composta pelos personagens marido, esposa e filha. A peça usa uma abordagem contundente sustentada por cenas realistas, que evidenciam diversas situações de opressão contra a mulher e abuso sexual infantil, dentro de um jogo composto pelos personagens e propostos em cena pelos próprios atores e diretor. 
     Todas as cenas praticadas com diligência, de maneira simbólica e metafórica, assim possibilitando trabalhar a poesia e o romantismo de forma um tanto quanto irônica e provocativa. Dessa forma, o desenvolvimento do espetáculo ocorre sutilmente envolvendo o público diretamente na história. Nesse projeto, o público é estimulado a refletir sobre violência contra a mulher, desigualdade de gêneros, abuso sexual infantil, machismo, hipocrisia, violação de direitos.

Prefeitura faz chamamento para nova Residência Inclusiva

DSC 6094 
     A Prefeitura de Franca prepara a ampliação do número de pessoas atendidas, através do Programa ‘Residência Inclusiva’, unidades mantidas pelo município, oferecendo o Serviço de Acolhimento Institucional de Proteção Social de Alta Complexidade. Nesse sentido, publicou através da Secretaria de Ação Social nesta quinta-feira, 2, o edital de Chamamento Público (11/22), destinado a Organizações da Sociedade Civil, sem fins lucrativos, objetivando receber e selecionar a melhor proposta de Plano de Trabalho para o oferecimento do Serviço de Acolhimento Institucional para Jovens e Adultos com Deficiência.
     O prazo para as organizações interessadas apresentarem a documentação vai até às 16h, do dia 4 de julho, na Secretaria de Ação Social (Av. Champagnat, 1750, centro). Os editais e respectivos anexos já estão disponíveis e podem ser consultados no link: https://www.franca.sp.gov.br/portal-transparencia/paginas/publica/consulta_licitacao.xhtml-
 
Beneficiários 
     A Residência Inclusiva é um Serviço de Acolhimento Institucional de Proteção Social de Alta Complexidade, voltado a oferecer e promover a inclusão de jovens e adultos com deficiência, em situação de dependência, na vida comunitária e social; contribuir para a interação e superação de barreiras, ajudando na construção progressiva da autonomia, com maior independência e protagonismo no desenvolvimento das atividades da vida diária.
       Atualmente, a cidade conta com 3 Residências Inclusivas mantidas pelo município, que atendem 12 pessoas cada uma, perfazendo 36 beneficiários. O custeio dos serviços é feito de forma integral pela Prefeitura para a entidade credenciada para a gestão do atendimento. 
     Esta será a quarta unidade do Projeto Residência Inclusiva, que passará a atender, ao todo, 48 pacientes. 

Prefeitura Municipal de Franca

Prefeitura de Franca: Trabalho e compromisso com você.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais