Antigo Novo

Ação Social reforça serviços de assistência em período de frio intenso

 DSC 5755
     As equipes da Secretaria de Ação Social estão trabalhando 24 horas, ininterruptas, desde a última segunda-feira, visando acolher e amparar as pessoas em situação de rua, durante esses dias de frio intenso.
    Na segunda e terça-feiras, 47 novas pessoas foram encaminhadas para os serviços de assistência. Para esta ação emergencial, foram abertas 50 novas vagas flexíveis para o abrigamento das pessoas na Casa de Passagem, Abrigo Provisório e Acolhimento Noturno, passando de 128 para 178 vagas disponíveis, com a oferta de alimentos, banho e pernoite até a próxima segunda-feira, 23, cujo trabalho poderá ser estendido, de acordo com as condições climáticas. 
   Iara Guimarães, diretora do Departamento de Proteção Social Especial, informou que as vagas disponíveis são monitoradas ao longo do dia, garantindo que as equipes de acolhimento recebam informações atualizadas para o encaminhamento das pessoas, que precisam de ajuda. Segundo ela, na maioria das vezes, os beneficiados comparecem as unidades, recebem o atendimento e, posteriormente, deixam os locais, liberando as vagas, possibilitando o acolhimento de outra pessoa.  
    Iara reforçou que os serviços de assistência poderão ser acionados durante todo o dia, sendo que no horário das 7 às 15h, está disponível o telefone do Espaço Dignidade - (16) 99603-3456; entre 15 às 22h, poderá ser acionado o Serviço de Abordagem Social (16) 99965-6571 e das 22 às 7h, a Guarda Civil poderá ser contatada pelo telefone (16) 3724-1033 para o atendimento  aos chamados feitos pela comunidade para o acolhimento das pessoas.
     As doações de agasalhos, meias novas para adultos, cobertores novos e usados, que estejam em bom estado de conservação e alimentos embalados, como leite, biscoito, pães de forma, bisnagas, margarina e achocolatado poderão ser entregues na sede da Secretaria de Ação Social (Av. Champagnat, 1.750 - Centro), de segunda a sexta-feira, das 9 às 16h. 
    Acompanhando de perto esse trabalho, o prefeito Alexandre Ferreira destacou a importância da ação para proteger as pessoas, durante esse período de frio. "Implantamos todas as políticas públicas possíveis para amparar as pessoas em situação de rua. E, todos que aceitarem nossa ajuda serão acolhidos pelo nosso Programa Dignidade. Você pode ajudar também, acionando os serviços de acolhimento e doando cobertores, agasalhos e alimentos", comentou. 

Prefeitura inicia ação especial para acolhimento de pessoas durante frio intenso

 09
     A Secretaria de Ação Social iniciou na última segunda-feira, uma operação especial para o acolhimento de pessoas, em situação de rua, devido a queda brusca registrada na temperatura. 
    Segundo alerta emitido pela Defesa Civil do Estado, entre esta terça-feira e sexta-feira, uma intensa massa de ar polar irá avançar sobre o Estado, provocando queda acentuada da temperatura, com momentos de frio intenso na região de Franca, onde as menores temperaturas, com previsão de 3º C, ocorrerão entre o final da madrugada e início da manhã. 
     Diante dessa situação, a Secretaria de Ação Social abriu 50 novas vagas para o abrigamento das pessoas, em situação de vulnerabilidade social, nos serviços de assistência, sendo a Casa de Passagem, Abrigo Provisório e Acolhimento Noturno, passando de 128 para 178 vagas disponíveis, com a oferta de alimentos, banho e pernoite até a próxima segunda-feira, 23, cujo trabalho poderá ser estendido, de acordo com as condições climáticas. 
     Gislaine Liporoni, secretária de Ação Social, explicou que os serviços poderão ser acionados durante todo o dia, no período das 7 às 15h, no Espaço Dignidade pelo telefone (16) 99603-3456, no horário das 15 às 22h, no Serviço de Abordagem Social (16) 99965-6571 e das 22 às 7h, a Guarda Civil poderá ser acionada pelo telefone (16) 3724-1033 para o atendimento  aos chamados feitos pela comunidade para o acolhimento das pessoas.
     A secretária solicitou o apoio da população neste trabalho, doando agasalhos, meias novas para adultos, cobertores novos e usados, que estejam em bom estado de conservação e alimentos embalados, como leite, biscoito, pães de forma, bisnagas, margarina e achocolatado. As doações poderão ser entregues na sede da Secretaria de Ação Social (Av. Champagnat, 1.750 - Centro), de segunda a sexta-feira, das 9 às 16h. 
 
 
Recursos estaduais
     A Secretaria de Ação Social destacou que outra ação importante será o auxílio encaminhado pelo Governo do Estado, para a oferta de novas vagas nos serviços de acolhimento, durante o período de baixas temperaturas, a partir do próximo mês. 
     A utilização dos recursos do Fundo Estadual de Assistência Social foi aprovada pelo Conselho Municipal de Assistência Social, de acordo com a  Resolução n.º 15, de 12 de maio, publicada no Diário Oficial do último dia 13. São recursos extraordinários, em caráter emergencial e em parcela única, no valor de R$ 70 mil, a serem repassados pelo Fundo Estadual ao Fundo Municipal de Assistência Social, para a ampliação de 24 vagas nos Serviços para a População em Situação de Rua, para os meses de junho, julho e agosto deste ano, durante as baixas temperaturas.
 
 
Mudança UNICAD 
     A Secretaria de Ação Social comunicou que está realizando a mudança da sede da UNICAD (Unidade de Cadastro Único), visando ampliar o espaço físico para o atendimento à população. Diante disso, no período de 16 ao dia 25, deste mês, exclusivamente, os atendimentos que já foram agendados estarão sendo prestados na sede da secretaria, que fica na Avenida Champagnat, 1750, no Centro. Os novos atendimentos e a atualização cadastral deverão ser agendados, através do aplicativo de WhatsApp pelo número (16) 99978-7320.
     Até o final deste mês, a UNICAD estará funcionando em novo endereço, na rua General Osório, 1.645, no Centro. 

Ação retira e acolhe moradores de rua do Viaduto Dona Quita

 MVI 9611.MP4.00 00 10 14.Quadro001
     Uma operação realizada pelas Secretarias de Ação Social e Meio Ambiente, consistiu na retirada das barracas instaladas embaixo do viaduto 'Dona Quita' para a execução da limpeza do local, visando a revitalização da área. 
     Segundo a Secretaria de Ação Social, as pessoas em situação de rua que estavam vivendo no local, foram acolhidas pelo Programa Dignidade, onde deverão ser incluídas no Projeto “Moradia Primeiro’ .
     O prefeito Alexandre Ferreira, que acompanhou a ação, ao lado da secretária Gislaine Liporoni, informou que naquela área, nos dois lados do viaduto, será concretado um espaço, com a colocação de mesas e bancos de concreto para a instalação de pontos de apoio para motofretistas e mototaxistas, atendendo a um pedido dessa classe de trabalhadores, que cresceu muito nos últimos tempos.
     Segundo ele, com o Programa Dignidade, a Prefeitura tem oferecido assistência e o amparo necessário às pessoas em situação de rua, recuperando os espaços públicos, devolvendo essas áreas para o uso de toda a comunidade. Ferreira disse que, nos próximos dias, novas ações serão anunciadas. 
     Recentemente, o prefeito Alexandre Ferreira anunciou o projeto de Revitalização do prédio da Antiga Mogiana, localizado entre a avenida Integração e a rua Frei Germano, no Bairro Estação, cujo edital de licitação deverá ser publicado nos próximos dias, além da execução de adequações e acessibilidade das praças Sabino Loureiro, na Estação, Dom Pedro e Nove de Julho, na região central. O investimento total será de R$ 3.832.968,52, sendo que, a maior parte do montante será destinada para o prédio da Antiga Mogiana, no valor de R$ 3 milhões. Ainda, de acordo com ele, na Estação, será feito um trabalho semelhante ao realizado na Vila Gosuen para a construção do CEPEL (Centro Popular de Esportes e Lazer), com a saída natural dos moradores de rua para a revitalização da área. 
     A Secretaria de Ação Social informou que, atualmente, estão cadastradas no município, 600 pessoas em situação de rua e a rede de serviços da cidade apresenta capacidade para atender 100% da demanda.
 

Ação Social levará Bom Prato Volante aos bairros de Franca

 WhatsApp Image 2022 04 28 at 09.28.38
     A secretária de Ação Social, Gislaine Liporoni Peres, participou nesta semana, em São Paulo, de uma série de encontros com autoridades da assistência social e anunciou para breve, a instalação na área da política de segurança alimentar, do Programa 'Bom Prato Volante', para o atendimento de pessoas mais vulneráveis instaladas nos bairros da cidade. O pleito foi apresentado a nova secretária Estadual de Assistência Social, Laura Machado, que foi empossada na oportunidade.
     Além desse contato, a secretária de Ação Social participou de um encontro na Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado e uma reunião com membros do Conselho Gestor da Política de Assistência Social do Estado de São Paulo, tratando sobre ações que deverão ser incrementadas no sentido de atender às pessoas que mais necessitam.
     Por fim, na mesma oportunidade, Gislaine Liporoni e equipe participaram de uma reunião com a Frente Parlamentar, cujos integrantes se comprometeram a trabalhar pelo fortalecimento do SUAS (Sistema Único de Assistência Social), no Estado.

Prefeitura fará levantamento criminal de moradores de rua com apoio da Polícia

 morador de rua
       O prefeito Alexandre Ferreira anunciou que fará um mapeamento da situação criminal das pessoas, em situação de rua na cidade, com o objetivo de conhecer a realidade de cada uma. Esse trabalho, que será realizado em parceria com as Polícias Civil e Militar, foi tema de reunião na última quinta-feira, com o delegado Seccional de Franca, Dr Wanir Silveira, com as participações dos delegados Daniel Radaélli, Márcio Murari, Luiz Carlos de Almeida, além do secretário de Segurança, Marcus Araújo. 
       De acordo com o prefeito, o objetivo é realizar um levantamento junto aos moradores de rua, visando identificar as pessoas que têm antecedentes criminais, respeitando a individualidade de cada um.  
       Ferreira destacou que o município criou todas as políticas públicas possíveis para amparar as pessoas, que realmente necessitam, como o Programa e o Espaço Dignidade, Serviços de Abordagem Social e o Acolhimento Noturno de Pernoite, Moradia Primeiro, Consultório na Rua, dentre outros, com a oferta de auxílios para moradia, pagamento de aluguel, acolhimento e até viagem para outras cidades, porém muitos não querem ajuda para mudar de vida. "Há um TAC feito com o Ministério Público, no governo passado, que temos que respeitar. No entanto, não podemos ficar parados, diante dos questionamentos da população. Nos reunimos com o comando da Polícia Civil para novas medidas", reforçou o prefeito, completando que a Prefeitura passará a trabalhar de maneira diferente, visando conhecer as pessoas que têm pendências criminais para proteger a população.
       Segundo um levantamento da Secretaria de Ação Social, a cidade conta com cerca de 518 pessoas, em situação de rua.

Prefeitura Municipal de Franca

Prefeitura de Franca: Trabalho e compromisso com você.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais