Prefeitura oferece apoio no deslocamento de estudantes entre Palmeiras e Pulicano

cano pulicano01 original

Prefeitura irá oferecer, a partir desta terça-feira, 10, apoio aos alunos do Palmeiras que estudam no bairro vizinho. Uma Van fará o transporte dos alunos

        Preocupada com os estudantes que se arriscam em uma travessia irregular entre os jardins Palmeiras e Pulicano, sobre uma tubulação de esgoto da Sabesp, a Prefeitura de Franca oferece desde essa terça-feira, 10, apoio aos alunos do Palmeiras que estudam no bairro vizinho. Uma van ficará no local, nos horários de entrada e saída das escolas, nos dois turnos, para ajudar as crianças no deslocamento até a unidade escolar.

     Como forma de reduzir o risco que a população corre ao fazer a travessia irregular, o prefeito Gilson de Souza convocou, nesta segunda-feira, representantes da Sabesp, do Corpo de Bombeiros, do Setor de Trânsito da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Serviços e Meio Ambiente para, juntos, buscarem uma solução imediata para o caso.

     Desde que a passarela que existia no local foi destruída durante um temporal, moradores daquela região se arriscam ao atravessar irregularmente sobre a tubulação de esgoto existente entre os dois bairros.

     A Prefeitura trabalha, desde então, para buscar a melhor solução para o caso. Mas como o atalho usado pelos moradores fica em uma área particular, a disposição do município em instalar uma nova passarela no terreno depende da anuência de seu proprietário.

    Após o encontro das autoridades no local onde a travessia é feita, ficou definido que a Prefeitura irá oferecer o apoio no deslocamento das crianças que estudam em uma escola estadual do Jardim Pulicano. A Sabesp se comprometeu a reforçar a estrutura para impedir a passagem de pedestres sobre a tubulação. E, paralelamente, o município dará prosseguimento às tratativas com o proprietário da área.

    “O aluno é prioridade, temos de dar a ele toda a atenção e todo cuidado. Vamos chamar o proprietário da área, a Sabesp e o Estado, porque os alunos são do Estado, para juntos buscarmos uma solução para este caso. O que vamos fazer, o mais rapidamente possível, é oferecer o transporte para esses alunos até solucionar o problema”, disse o prefeito Gilson de Souza, que também acionou o dirigente de Ensino, Marcos Pereira do Amaral, para tratar sobre o caso, uma vez que são alunos da rede estadual que normalmente passam sobre a tubulação. Na tarde de ontem, o prefeito ainda esteve na Escola Estadual “Stella da Matta” e conversou com o diretor Marcos Luís e professores sobre a situação.

     Gilson também anunciou que a Prefeitura fará a pavimentação das calçadas no trajeto normal, de cerca de 2 quilômetros, entre os dois bairros.

     O gerente distrital da Sabesp, Rui Engrácia, explicou como será a nova interdição. A companhia havia fechado o atalho no início deste ano, mas as barreiras acabaram sendo danificadas. “Vamos reforçar essa estrutura que colocamos no lado do Jardim Palmeiras e vamos fazer uma proteção igual no lado do Pulicano, dificultando o acesso. O que a gente quer ressaltar é o perigo que essas pessoas estão correndo, passando por essa tubulação de esgoto. Ela não é apropriada para trânsito.”

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais