Creches retomam atividades graduais nesta terça-feira

DIP 4800.00 01 35 15.Quadro004 
     Conforme anúncio feito pelo prefeito Alexandre Ferreira na última semana, depois de uma série de providências tomadas pela Secretaria de Educação, no sentido de garantir as condições para um retorno seguro das atividades, seguindo os protocolos sanitários de prevenção a Covid-19, a rede de creches retoma as atividades nesta terça-feira, 27. Atendendo atualmente, 9.870 crianças de 4 meses a 5 anos e 11 meses, essa será a primeira fase do retorno presencial. Ela será mantida pelos próximos 30 dias, ou seja, até o dia 27 de agosto, com o atendimento de 35% da quantidade de alunos estabelecida nos Planos de Trabalho, elaborados pelas equipes das creches e analisados pela Secretaria de Educação, considerando a quantidade de alunos, em que os pais autorizaram o retorno e a quantidade de profissionais imunizados. A família que não permitir a volta dos filhos para as unidades, neste primeiro momento, continuará acompanhando todo o processo pedagógico e aulas no formato remoto.
     A partir de 30 de agosto até o dia 22 de setembro, o percentual de alunos será ampliado, seguindo a Nota Técnica do Centro de Contingência para Covid-19 do Estado de São Paulo e conforme o espaço físico de cada unidade. Ainda conforme as diretrizes da Prefeitura de Franca, a terceira e última etapa, a ser iniciada em 23 de setembro até o final deste ano, prevê que a jornada de trabalho dos professores passe a ser cumprida, integralmente, em regime presencial ou mista, seguindo a Nota Técnica do Centro de Contingência para Covid-19 do Estado, que estabelece o prazo de 14 dias para imunização, após a aplicação da segunda dose ou dose única de vacina para doença. 
     O atendimento será para o total de alunos matriculados e as escolas terão autonomia para promoverem alterações no Plano de Trabalho, que serão analisadas pela Secretaria de Educação. 
     O prefeito Alexandre Ferreira, acompanhado pela secretária de Educação, Márcia Gatti, deverá visitar alguns estabelecimentos e verificar de perto com as equipes, os familiares e os alunos, o ambiente de retorno.
     As creches serão avaliadas e monitoradas por uma Comissão Escolar, visando o cumprimento rigoroso das ações para o retorno das atividades presenciais.  Entre os cuidados que deverão ser observados, constam a aferição de temperatura na entrada da unidade, bem como uso de Equipamentos de Proteção Individual e monitoramento de sintomas. 
     Os alunos que apresentarem febre ou sintomas de gripe não deverão frequentar as unidades e a família deverá comunicar, imediatamente, ao Comitê Escolar, a situação de saúde das crianças, bem como de seus familiares. Os dados de saúde serão registrados no Sistema de Monitoramento da SED (Secretaria Escolar Digital) e a Secretaria de Saúde será comunicada. 
     Todas as 56 escolas municipais e 79 creches receberam a sinalização, demarcação do solo e a comunicação visual, seguindo os protocolos sanitários, como distanciamento social, uso obrigatório de máscara e utilização de álcool gel para higienização das mãos. 
     Para as escolas municipais, o cronograma prevê o retorno gradual das atividades presenciais a partir do dia 2 de agosto
 

Prefeitura confirma retorno gradual das aulas presenciais em creches e escolas

DIP 5085.00 00 59 07.Quadro011 

     O Prefeito Alexandre Ferreira durante pronunciamento na tarde desta quinta-feira, 22, na página oficial da Prefeitura, pelo Facebook, confirmou o retorno gradativo das aulas e atividades presenciais nas creches e escolas da Rede Municipal de Ensino, a partir dos próximos dias 27, deste mês e 2 de agosto, respectivamente.

     Para adotar essa decisão, o prefeito explicou que levou em consideração a estrutura das creches e escolas, que foram adaptadas e estão prontas para receber, os alunos, corpo docente e funcionários das unidades, com toda a segurança, seguindo, rigorosamente, os protocolos sanitários de prevenção a Covid-19.

    Segundo ele, as unidades escolares seguirão os Planos de Retomada e Pedagógico específicos para cada estabelecimento, que serão avaliados e monitorados por uma Comissão Escolar, visando o cumprimento rigoroso das ações para o retorno das atividades presenciais. Haverá aferição de temperatura na entrada da unidade, bem como uso de Equipamentos de Proteção Individual e monitoramento de sintomas. Os alunos que apresentarem febre ou sintomas de gripe, não deverão ir à escola e a família deverá comunicar, imediatamente, ao Comitê Escolar, a situação de saúde dos estudantes, bem como de seus familiares. Os dados de saúde serão registrados no Sistema de Monitoramento da SED (Secretaria Escolar Digital) e a Secretaria de Saúde será comunicada. Todas as 56 escolas municipais e 79 creches receberam a sinalização, demarcação do solo e a comunicação visual, seguindo os protocolos sanitários, como distanciamento social, uso obrigatório de máscara e utilização de álcool gel para higienização das mãos. Os estudantes deverão levar garrafinhas de água, tendo em vista que será permitida apenas a utilização de bebedouros para reposição da água.

     Alexandre Ferreira informou que a estrutura das unidades municipais está pronta, mas o retorno dos alunos para as escolas e creches dependerá da autorização dos pais e familiares e todo o processo será conduzido de forma espontânea, com a avaliação permanente da situação epidemiológica da cidade, com relação à pandemia. A família que não permitir a volta dos filhos para as unidades, neste primeiro momento, continuará acompanhando todo o processo pedagógico e aulas no formato on-line.

    O cronograma para o retorno gradativo das atividades presenciais na rede municipal será executado em três etapas. “Estamos preocupados com o aprendizado dos alunos e é essencial um ensino de qualidade para fixar conteúdo para que nossas crianças se tornem adultos conscientes no futuro. Estamos com protocolos sanitários bem estruturados, tranquilizando a volta dos alunos para as escolas e creches”, destacou o prefeito.

Creches

     Para a rede de creches, que atende, atualmente, 9.870 crianças de 4 meses a 5 anos e 11 meses, a primeira fase do retorno presencial está prevista a partir do próximo dia 27 até o dia 27 de agosto, com o atendimento de 35% da quantidade de alunos estabelecida nos Planos de Trabalho, elaborados pelas equipes das creches e analisados pela Secretaria de Educação, considerando a quantidade de alunos que os pais autorizaram o retorno e a quantidade de profissionais imunizados.

     A partir de 30 de agosto até o dia 22 de setembro, o percentual de alunos será ampliado, seguindo a Nota Técnica do Centro de Contingência para Covid-19 do Estado de São Paulo e conforme o espaço físico de cada unidade.

    A terceira e última etapa, iniciada em 23 de setembro até o final deste ano, prevê que a jornada de trabalho dos professores passa a ser cumprida, integralmente, em regime presencial ou misto, seguindo a Nota Técnica do Centro de Contingência para Covid-19 do Estado, que estabelece o prazo de 14 dias para imunização, após a aplicação da segunda dose ou dose única de vacina para doença. O atendimento será para o total de alunos matriculados e as escolas terão autonomia para promoverem alterações no Plano de Trabalho, que serão analisadas pela Secretaria de Educação.

Escolas municipais

     Nas escolas municipais, que contam com 19.581 estudantes matriculados para este ano, o retorno presencial terá início no dia 2 de agosto até o dia 27, do mesmo mês e seguirá os mesmos padrões das creches, com o atendimento de 35% de alunos estabelecida nos Planos de Trabalho, elaborados pelas equipes das próprias escolas e analisados pela Secretaria de Educação, considerando a quantidade de alunos que os pais autorizaram o retorno e a quantidade de profissionais imunizados.

     A segunda etapa do cronograma, a partir de 30 de agosto até o dia 22 de setembro, contempla o atendimento de uma porcentagem maior de estudantes, considerando a quantidade de alunos, que os pais autorizaram o retorno e a quantidade de profissionais imunizados.

     A partir do dia 23 de setembro até o final do ano, a programação prevê que a jornada de trabalho dos professores passa a ser cumprida, integralmente, em regime presencial ou misto, seguindo a Nota Técnica do Centro de Contingência para Covid-19 do Estado, que estabelece o prazo de 14 dias para imunização, após a aplicação da segunda dose ou dose única de vacina para Covid-19. A partir desta data, o atendimento poderá ocorrer para a totalidade de estudantes, pois houve vacinação em massa dos profissionais da educação. As próprias escolas, novamente, irão apresentar as alterações do Plano de Trabalho, que serão analisadas pela Secretaria de Educação.

Busca Ativa

      No período de 27 a 30 de julho, as equipes escolares e os técnicos da Secretaria de Educação farão um mutirão para identificar os alunos, que não atingiram as metas de participação das atividades durante a pandemia e orientar para que retornem às aulas presenciais. As equipes realizarão visitas domiciliares e, posteriormente, serão adotadas medidas de monitoramento, para garantir que as ações sejam efetivas, também combatendo a evasão escolar e a situação de vulnerabilidade social. As ações se estenderão até dezembro, a fim de que todos os estudantes retornem à escola.

Reforço Escolar

     Será oferecido reforço escolar, em horário oposto às aulas regulares, para a recuperação de aprendizagens dos alunos, que não tiveram avanço significativo em relação ao domínio das habilidades, em todo esse tempo pandêmico. Os professores, coordenadores e pedagogos realizarão um curso intensivo sobre defasagem e diversidade escolar. As aulas serão presenciais e se estenderão até dezembro.

Matrículas para o EJA seguem até a próxima semana

WhatsApp Image 2021 07 08 at 10.50.22 
     A Secretaria de Educação lembra aos estudantes que desejam se matricular na Educação de Jovens e Adultos (que corresponde ao antigo supletivo) para que se atentem ao prazo, que termina na próxima semana, dia 15.  Esse tipo de ensino é mantido pela rede pública, gratuitamente, voltado ao atendimento daquelas pessoas que não conseguiram frequentar os cursos regulares dos Ensinos Médio e Fundamental, permitindo que o cronograma seja cumprido em menor tempo, variando de um ano e meio a dois anos. 
     Essas matrículas são destinadas para quem vai cursar o 2° semestre deste ano letivo que, com a flexibilização vai possibilitar o retorno das aulas presenciais a partir de agosto.  
     As matrículas estão sendo recebidas, diariamente, de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h30, em 4 escolas mantidas pela Prefeitura, na Região Sul (Aeroporto 3), Jardim América (Centro e Região Leste),  Jardim Redentor (Região Norte e adjacências) e Jardim Integração (Região Oeste), na Estação. A Prefeitura oferece uma quinta opção de ensino, não presencial, através do Centro de Supletivo à Distância, que funciona no Champagnat, cujas matrículas são recebidas o ano todo e o estudo é feito por módulos, onde o aluno retira o material e estuda a partir de casa.
 
Condições para matrículas
      Os atendimentos estão sendo prestados nas próprias unidades de ensino. Os estudantes devem apresentar o original e cópias do RG, CPF, certidão de reservista (homens), título de eleitor, comprovante de endereço com CEP, certidão de nascimento ou casamento, declaração de trabalho, comprovante de escolaridade anterior e uma foto 3x4.
      Para o Ensino Fundamental, o interessado deverá ter a idade de 15 anos completos e para o Ensino Médio, 18 anos completos.
      Já para o Ensino Semipresencial, no CESUM (Centro de Ensino Supletivo Municipal) Prof.ª Climene Rebelo Novelino Abdala, as matrículas poderão feitas a partir de segunda-feira, 12 de julho, com horário de atendimento das 13 às 19h30.
 
Relação das escolas municipais para o recebimento das inscrições:
Escola Prof. Antônio Sicchierolli - Jardim América / 3723- 9219
Escola Prof. José Mário Faleiros - Jardim Aeroporto 3 / 3701- 8922
Escola Prof.ª Maria Helena Rosa Barbosa - Jardim Redentor / 3703-0222
Escola Prof.ª Nair Martins Rocha - Jardim Integração / 3723-6788
CESUM Prof.ª Climene Rebelo Novelino Abdala - Centro / 3701-8367
     
      Mais informações poderão ser obtidas pelos telefones 3711-9219 e 9226.

Programa Bolsa Universidade divulga resultado final

banner bolsa universidade 
     A Secretaria de Educação publicou nesta quarta-feira, 7, no Diário Oficial do Município, o edital de convocação com os nomes em ordem alfabética, dos 101 alunos classificados para o Programa Bolsa Universidade deste ano. O edital está disponível para consulta, através do link https://www.franca.sp.gov.br/arquivos/diario-oficial/documentos/1825-07072021.pdf 
     Os alunos convocados deverão participar de uma reunião, que será realizada, on-line, para formalizar o benefício aos estudantes, no próximo dia 30, deste mês. Segundo a Secretaria de Educação, os classificados receberão um comunicado por e-mail até esta quinta-feira, 8, com os detalhes sobre a reunião, seguido do link de acesso. 
     É importante lembrar que o não comparecimento dos alunos convocados na data estabelecida no presente edital de convocação, implicará na desclassificação automática irrecusável do interessado, conforme estabelecido na Lei Complementar n°148, de 09 de fevereiro de 2010. 
     O Programa Bolsa Universidade concede uma bolsa de estudo parcial à estudantes universitários, em parceria com a Prefeitura e universidades, que são a FDF (Faculdade de Direito de Franca), UNIFRAN (Universidade de Franca) e UNI-FACEF (Centro Universitário Municipal de Franca) para diversos cursos de graduação. Os alunos classificados receberão o benefício dos meses retroativos, que seguirá até a conclusão do curso, de acordo com o cumprimento da legislação municipal. 

Educação divulga resultado final do Bolsa Universidade

banner bolsa universidade 
     A Secretaria de Educação publica na próxima quarta-feira, 7, no Diário Oficial do Município, o resultado final do Programa Bolsa Universidade, contendo os nomes dos 163 alunos contemplados com o auxílio para a bolsa de estudos, oferecidos pela FDF (Faculdade de Direito de Franca), UNIFRAN (Universidade de Franca) e UNI-FACEF (Centro Universitário Municipal de Franca).  
     Após a publicação do resultado, os alunos classificados receberão o benefício de forma reatroativa e se estenderá até a conclusão da graduação, desde que continuem atendendo a legislação do programa. 
     Também serão convocados a participar de uma reunião para formalizar a contemplação do benefício e orientar os alunos sobre as regras exigidas, juntamente dos direitos e deveres para a manutenção do auxílio. 

Subcategorias

Prefeitura Municipal de Franca

Prefeitura de Franca: Trabalho e compromisso com você.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais